[RESENHA] Não conte a ninguém - Harlan Coben

12 de set de 2012
Não Conte a Ninguém - Harlan Coben
Editora Sextante
ISBN: 9788599296516
Ano: 2009
Páginas: 250
Página do livro no skoob
Classificação: 

David Beck e sua esposa Elizabeth comemoram o aniversário de seu primeiro beijo quando uma tragédia interrompe o clima de romance: Elizabeth é brutalmente assassinada. O caso acaba sendo resolvido e o assassino, condenado. No entanto, David não consegue superar a morte de Elizabeth. Depois de oito anos, ainda se lembra de todos os detalhes. Mas é no dia do aniversário de morte de Elizabeth que a história realmente começa. Uma estranha mensagem aparece no computador de David, uma frase que somente ele e a esposa conhecem. De repente ele depara com o que parecia impossível - em algum lugar, de alguma maneira, Elizabeth está viva. Ele é advertido para que não conte a ninguém e envolve-se em um sombrio e mortal mistério, sem saber que já está sendo seguido por alguém que o tentará deter antes que descubra toda a verdade
Resenha:
“Melhor ter perdido a pessoa errada do que nunca ter vivido um grande amor.” David Beck tem ouvido isso a oito anos, mas no fundo não concorda, na verdade ele acha um grande besteirol , não se deve mostrar o paraíso a alguém e depois destruí-lo. Sua esposa, Elizabeth, foi morta anos atrás enquanto comemoravam o aniversário de doze anos do primeiro beijo.

“Três dias antes,eu era um médico dedicado vagando pela minha própria vida como um sonâmbulo. Desde então,eu vira um fantasma,recebera e-mails de minha mulher morta,tornara-me suspeito não de um,mas de dois assassinatos,virara foragido da polícia,atacara um policial e pedira ajuda a um traficante de drogas.
As 72 horas mais emocionantes da minha vida.
Seria cômico se não fosse trágico.” Trecho da página 138.

Mesmo compreendendo o quão definitivo uma morte pode ser e sabendo que nunca haverá uma segunda chance, que jamais abraçará sua esposa novamente e que não envelhecerão juntos, nada conforta e preenche o vazio que invadiu o coração de David. Até que então, após um e-mail, ele começa a suspeitar que sua esposa esteja viva. E se for verdade? Parece impossível, uma total loucura, o corpo foi reconhecido, mas não por David. É certo voltar ao passado desse forma? Talvez fosse uma brincadeira, não. Eram códigos, uma linguagem que só Elizabeth e David poderiam entender. Por que? Se for isso mesmo, quais motivos levaram Elizabeth a fingir sua morte e sumir por tanto tempo? O que realmente acontecera aquela noite no Lago Charmaine? Como David conseguiu escapar?

O que realmente aconteceu oito anos atrás? Quando novas provas surgem, mesmo com o assassino preso, David se torna suspeito de matar a própria esposa. É preciso provar sua inocência e descobrir se de fato foi Elizabeth que morreu oito anos atrás...

Já li alguns livros do Harlan e esse foi o que menos me empolgou,não que a estória não seja incrível,por que é,mas não é a melhor trama do mestre Coben.Não faltam reviravoltas,como sempre,no final do livro então,preparem o coração pois é muito segredo revelado para pouca página.Do início ao fim eu gostei bastante do ritmo que se deu o desenvolver do enredo,me dá um frio na barriga sabe? As estórias contadas por Coben são perfeitas demais. Boa leitura!

6 comentários:

  1. Geralmente em um bom livro de ficção, o misterio e o romance fazem a coisa de fato valer a pena. Acredito que seja o caso deste livro né?
    Ivi Campos
    ivinah@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Não gosto da editora sextante shausha
    --' é pq nao gosto dos generos que ela publica :/.
    Só o guia do mochileiro mesmo haha.

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa coisa de suspense com romance dá ainda mais vontade de ler!

    ResponderExcluir
  4. Adoro a editora sextante e esse livro parece ser super,embora nunca tenha lido nenhuma obra do autor.Se bem que esse livro foi o que menos te empolgou né?Mas vou dar uma chance a ele.rs
    Bjão :)

    ResponderExcluir
  5. Esse foi o primeiro livro que li do autor, e cara ele me surpreendeu. Estou acostumada com Sidney Sheldon, mas o Harlan Coben, me encantou, quando chegou na penúltima página estava convencida que sabia o final ai no último paragrafo tudo muda..

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS