[Resenha] Divergente - Veronica Roth

28 de fev de 2013
Divergente - Veronica Roth
Editora: Rocco
ISBN: 9788579801310
Ano: 2012
Páginas: 504
Página do livro no Skoob
Classificação:  

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.
 Resenha:
Na distopia de Veronica Roth, a culpa pela desordem no mundo foi atribuída á inclinação humana para o mal. Numa tentativa de erradicar isso, a sociedade foi dividida em cinco facções. Os que culpavam a agressividade formaram a Amizade, os que culpavam a duplicidade formaram a Franqueza, os que culpavam a ignorância formaram a Erudição, os que culpavam o egoísmo formaram a Abnegação e os que culpavam a covardia se juntaram a Audácia. Juntas e desempenhando diferentes funções elas garantem o equilíbrio e a paz.

Ao completarem dezesseis anos, os jovens devem decidir a qual facção eles querem pertencer. Os irmão Caleb e Beatrice fazem parte de uma família da Abnegação. Após um teste de aptidão, é chegado o dia da Cerimônia da Escolha. Eles terão que optar em continuar na Abnegação ou abandonar sua família e se transferir para outra facção. Feitas as escolhas, iremos acompanhar Beatrice, que muda seu nome para Tris. Ela escolheu e agora eles a escolherão ou não. Em sua nova facção ela passará pela Iniciação, que é dividida em três estágios, ela será testada, treinada mentalmente, emocionalmente e fisicamente  Seu progresso será acompanhado e resultará numa classificação a cada fase do processo. Ao final, apenas dez iniciandos se tornarão membros, o restante será eliminado e passará a viver com os sem facção.

As coisas começam a mudar para Beatrice logo no seu teste de aptidão, eles deveriam indicar a qual facção ela estaria mais propensa a se identificar porém seus resultados são inconclusivos e ela se descobre uma divergente. Durante o enredo iremos descobrindo o que é ser um divergente mas aposto que é bem mais do que a autora mostrou nesse primeiro volume da trilogia. A divergência é algo extremamente perigoso e Tris deve guardar esse segredo se quiser continuar viva. Não será uma tarefa fácil, durante a Iniciação ela se destacará e dúvidas surgirão, ela corre perigo. Não só por ser diferente mas por que as provas que ela e todos os outros que são da facção ou se transferiram para ela enfrentam para conseguir uma boa classificação. Os testes são mortais, eles serão levados ao extremo e seus medos serão testados. Esses jovens não estão para brincadeira, o que é certo e o que é errado? Se tiverem que matar o adversário enquanto ele dorme, eles não hesitarão.

O ritmo é frenético, uma leitura viciante narrada em primeira pessoa, Beatrice ou Tris ou Careta é uma protagonista deliciosa, valente, destemida e sem medo de sangue. Aliás eu me apaixonei pelos personagens, me apaixonei pelo livro. Tem romance? Tem. Se preparem para torcer horrores.

Uma guerra explodirá. Uma das facções decide abalar essa paz perfeita e planeja ter o controle total, um exército é formado, planos cruéis são postos em prática e muitos inocentes morrerão lutando. Apenas os Divergentes podem por um fim nisso, sim, existem outros além de Tris. Eu não entendo o motivo dessas autores em matar tantos personagens nos capítulos finais. Eu me envolvo, torço, me emociono durante toda a leitura e nunca estou preparado emocionalmente para me despedir de personagens, me desculpem. Mas admito, o desfecho é perfeito. Muitas perguntas ficam sem respostas e meu desejo pela continuação é surreal, eu preciso saber o que vai acontecer.

Foi uma das melhores leituras desse ano e virou um livro preferido.

18 comentários:

  1. Esta foi a melhor resenha que já li de Divergente.
    Obrigada, Felipe.
    Fiquei até com vontade de ler o livro ;)

    ResponderExcluir
  2. ESSE LIVRO É MEU, ME RECUSO A LER A RESENHA DELE SEM ANTES TER LIDO, to ligado que tem spolers ai, me da pra eu ler!!! kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, me despertou total vontade de ler o livro. Parece ser uma leitura divertida!

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos livros que desejo muito ler!!
    Parece ser um livro bem envolvente, com uma estoria espetacular, como será o futuro da humanidade, quais são as provas que eles enfrentam aos 16 anos. Curiosa!!

    ResponderExcluir
  5. Alô, parceiro!

    Pois é, li a resenha, mas ainda assim não consegui me convencer. Não consegui engolir essa divisão da sociedade, como se apenas uma coisa fosse a causa dos problemas. Mas a trama parece ser interessante, ainda que a ideia por trás da estória não me convença.
    Agora, você bem que poderia ter dito o que é ser um divergente, eu fiquei curioso hehehe

    A única coisa que ainda me mantém curioso sobre o livro é o fato de ser uma distopia. Mas ficou muito a cara de Jogos Vorazes com Harry Potter. Ok, acho que essa é uma comparação que todos vão fazer pra sempre uehuehuee , mas ainda assim, acho que ficou parecido.

    Aposto que a facção que quer tomar o controle é a Audácia, eles têm o perfil pra isso hahaah ou será que é uma que nem imagino?

    Pera, acho que agora eu quero ler esse livro. ok, então hahaha

    ótimo post, cara!

    Pedro Almada
    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha, quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Eu amei de mais esse livro! To ansiosa para ver o filme e ver tris prior e tobias em ação!

    http://milleguas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. todo mundo tá falando q esse livro é ótimo, que deu até a tentação de comprar, chega semana q vem!!!

    ResponderExcluir
  9. Tenho certeza que esse livro é incrível, acho que todos são mais divergente vai trazer de volta o amor em logo comprar os livros no lançamento e o segundo já vai ser lançado...quero preparar o meu emocional e começar uma nova estória e tenho certeza que não vou me decepciona!! abraços e quero muito esse livro!!

    ResponderExcluir
  10. Misericórdia!!!!!!
    Quero muito ler esse livro. Desde que lançou me encantei. Só recebe notas altas, críticas boas e todos amando. Tem como ficar mais ansiosa? rs

    ResponderExcluir
  11. Adoro distopias e sou louca por está!
    Desdo lançamento estou querendo ler este livro! Espero ter a oportunidade de lê-lo!
    Adorei sua resenha, só me deixou mais curiosa!

    ResponderExcluir
  12. Tenho muitas espectativas c esse livro!!

    ResponderExcluir
  13. Quero muito , muito, muito essa trilogia, sortudo vc, vi todas suas caixinhas de correios *-* Maravilhosoo.

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. quando vi esse livro pela primeira vez fiquei fascinado e louco para compra-lo \o

    ResponderExcluir
  15. Descobri um livro que me fará acabar com a minha futura ressaca literária que a trilogia Jogos Vorazes fará em mim:Divergente.
    O enredo parece ser sensacional e só de saber que é uma distopia frenética já me ganhou horrores.Doida,maluca,ansiosa para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  16. Livro incrivelmente viciante! Indico!

    ResponderExcluir
  17. Estou muito afim de ler esse livro, amei sua resenha. Coloquei na minha lista de leitura, assim que acabar com os outros que estão na frente for comprar. Adoro distopia e a protagonista, parece ser fortes, das que gosto e vão a luta..

    ResponderExcluir
  18. Achei bem interessante a história, sabe essa divisão da sociedade em 5 partes, e se você escolher uma, terá que viver nela para sempre. Quero muito ler, antes do filme ser lançado, apesar de já ter lido alguns spoilers e o trailer do filme, acho que vou amar os livros da serie.

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS