[Resenha] Dizem por aí - Jill Mansell

15 de abr de 2013
Dizem por aí - Jill Mansell
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630137
Ano: 2012
Páginas: 430
Classificação: 
Página do livro no Skoob

O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno.
Resenha:
Tilly Cole seria a nossa personagem principal, se o enredo não fosse tão repleto de personagens apaixonantes, é difícil escolher algum pra amar mais. Seu namoro chegou ao fim e agora ela está livre, sua vida se transforma quando ela aceita um emprego em uma cidade pequena e acaba se apaixonando por Jack Lucas, o garanhão de Cotswold. Sua fama não será um ponto positivo nesse romance, ter  todas as mulheres da cidade aos seus pés pode ser irritante. Para Tilly. Mas Jack é bem mais que isso, ele já perdeu alguém, talvez ele tenha mudado, talvez Tilly seja a responsável por isso.

Tilly será uma faz tudo para Max Dineen e sua filha Lou. Max é divorciado, anteriormente casado com a  atriz de Hollywood Kaye McKeena, seu casamento terminou quando ele se assumiu gay, mas apesar de tudo eles continuam amigos e a família é tão unida quanto qualquer uma. Max é um ponto forte do livro, se preparem para um romance escondido e inesperado. Lou, sua filha pré-adolescente vai ser afetada por ter um pai homossexual, na escola ela enfrentará alguns problemas e quando seu pai resolve agir, eu garanto a vocês algumas lágrimas, é muito lindo.  Kaye terá seu espaço no enredo, sua carreira será arruinada quando ela for acusada de atropelar a cachorra de Charlene, esposa de um dos maiores diretores de cinema, seu chefe.Mas não é só isso, vamos conhecer Erin que manterá um romance com o divorciado Fergus Welch. Na verdade, ele não está mais junto de Stella Welch, mas conseguir o divórcio não está sendo fácil.

Stella é a personagem mais irritante e amável desse livro, ela é forte e sincera ao extremo. Sonha em ter filhos e não aceita a separação, vai sobrar até para Max.  Erin vai ganhar fama de “ladra de marido”, vai ser envergonhada e humilhada diversas vezes por Stella, mas ela não negará ajuda quando Stella precisar. A autora me destruiu nesses capítulos, em um livro tão divertido eu não imaginei que encontraria algo tão trágico e triste. Não quero comentar muito, leiam e chorem um pouquinho.

O que me pareceu mais importante destacar nessa resenha foi o fato do livro não ter bem um personagem principal, pelo menos não esse convencional que estamos acostumados, pela sinopse esperamos que tudo gire em torno de Tilly, mas eu não entendi bem assim.Cada personagem teve uma questão a ser resolvida, e não só uma questão de segundo plano, mas algo realmente importante, aquelas questões que o leitor toma partido e se envolve por completo. “Dizem por aí” tem uma capa que não agrada nem um pouco mas tem conteúdo. Encontrei tudo que procuro em um livro desse gênero, e até mais, me surpreendi. Moderno, romântico e divertidíssimo!

11 comentários:

  1. Interessante o fato do enredo trazer vários personagens bem construídos e apaixonantes, acho que faz o livro nos envolver de uma forma mais intensa e completa. Adorei a premissa e quero ler!!! obs.: Válido o seu comentário sobre "ter todas as mulheres à seus pés não ser um fator positivo".

    ResponderExcluir
  2. Legal o livro não ter somente um personagem principal. Acho que deve ficar mais interessante. Gosto da capa desse livro.

    ResponderExcluir
  3. O livro parece bom o post mostrou que o enredo não gira só na vida de Tilly Cole e percebi que há vários personagens e me faz imaginar que o livro seja muito bom, e me deu uma vontade de ler, seja o que for espero que seja em breve enquanto isso posso dizer que gostei do livro e do post! =) valeu!

    ResponderExcluir
  4. Eu amei esse livro *.*
    Adorei todos os personagens sem exceção. A narrativa é maravilhosa demais.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Ainda nao li esse livro mas depois de ler a resenha espero ler logo.

    ResponderExcluir
  6. Ana Maria :)07:25

    Acho a capa ótima e após sua resenha entrou para os desejados :)

    ResponderExcluir
  7. Pra mim, fiquei 60% querendo ler esse livro. Não achei assim tão interessante e a capa não ajudou tambem. 50% por ser divertido e 10% por ser moderno [antigos me agradam bem mais viu, mas sou moderno rs] ... ahw, se eu ganhar algum eu leio e ai vejo se aumento essa minha porcentagem rsrs.

    ResponderExcluir
  8. não li esse livro pq n achei interessante mais muita gente diz q ele é legal agr tô em duvida :/

    ResponderExcluir
  9. Pois é vi muitos blogueiros falando bem do livro e malda capa. A maioria das críticas que li foram bem positivas. Não entendo a capa.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei surpresa com a ler sua resenha,Felipe. Achava algo totalmente diferente e foi legal saber que não há exatamente um personagem especifico principal,mas sim vários com questões sérias para resolver.
    Tenho que concordar com vc que a capa não ajuda mto mesmo não,mas gostei bastante da sinopse e deu vontade de ler.

    ResponderExcluir
  11. Já tinha lindo algumas resenhas, mas a sua foi a que mais gostei..O livro parece bem interessante e engraçado, ja pus na lista...

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS