[Resenha] Fale! - Laurie Halse Anderson

8 de mai de 2014
Fale! - Laurie Halse Anderson
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859073
Ano: 2013
Páginas: 248
Classificação: 
Página do livro no Skoob

“Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir. Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?
Resenha:
O que mais admiro na escrita da Laurie é a forma como ela expõe a realidade, sem meias palavras, sem enrolação desnecessária, sem mesmice, verdades cruas. É a segunda obra-prima que leio da autora e estou encantado novamente, ela não conta apenas histórias, ela nos ensina lições, nos instiga o debate. Apesar da escrita mais jovem e menos tensa, o recado de Fale! me envolveu por completo e em poucas horas eu fui o único que pude ouvir o que Melinda não falava, mas sentia.

Melinda é uma jovem de 13 anos, frágil e incompreendida. A festa que antecede as férias e que deveria ser a melhor do ano acabou quando Melinda ligou para polícia e vários adolescentes acabaram presos. Sua vida social chegou ao fundo do poço, ela não tem mais amigas, todas migraram para outros grupos, o primeiro ano do ensino médio começa sem brilho, sem amigos, sem voz. Ninguém sabe o por quê daquela noite ter acabado assim, Melinda nem se quer tentou falar... será que alguém chegou a perguntar? Ela é uma vítima, uma garota que sofreu abuso sexual e teve seu comportamento moldado ao trauma, por que será que todos acham o fim do mundo ela não falar? Talvez ela não goste do som da própria voz. Talvez ela não tenha nada a dizer.

Durante boa parte do livro torci para que Melinda falasse para alguém o que havia acontecido, dar um basta nisso, desabafar. Acredito que boa parte do problema estava nesse aspecto, o isolamento, o silêncio de alguém que foi estuprado, que teve a inocência roubada. Ela não se abriu com ninguém, nem com a própria família que era outro problema a se lidar, eles simplesmente não davam espaço para tal coisa. Pais ausentes sem amor e mergulhados em suas próprias rotinas, não percebem que as mudanças da filha escondem tantas palavras não ditas. Só reclamam, reclamam e reclamam. As consequências desse silêncio reflete em todos os relacionamentos de Melinda, e na falta deles também.

O rendimento escolar de Melinda cai consideravelmente e vamos acompanhar suas tentativas de melhorar as notas, não se atrasar, agradar seus pais e professores, salvar uma ex-melhor amiga das mãos do estuprador. (Sim, o infeliz estuda no mesmo colégio que ela) a estranha relação com Heather, "uma nova amiga" que não consegue lidar com uma Melinda deprimida e sem vontades. Apesar de toda tensão envolvida na falta de falas de Melinda, ela é divertida, a autora tratou de um assunto delicado de forma leve e me vi rindo em várias passagens do enredo. A nossa protagonista evolui no decorrer das quatros partes que dividem o enrendo, personagens como David Petrakis e o Professor Freeman ajudam Melinda a encontrar sua voz de novo, ela começa a perceber que a culpa não foi dela, simplesmente aconteceu e não há nada que se possa fazer para mudar o passado. Não se deve morrer por isso, deve-se e pode-se crescer. Fale! é inspirador.

O livro foi lançado a dez anos e chegou ao Brasil publicado pela Editora Valentina esse ano, a diagramação está impecável e a arte de capa tem tudo haver com o conteúdo. O livro conta com Extras, onde a autora deixa claro que Fale! pode sim, ter continuação. Uma entrevista super esclarecedora com a autora e dados sobre abusos sexuais fora e dentro do país. Além de um guia de discussão que me vez questionar vários pontos legais da obra. Recomendadíssimo!

33 comentários:

  1. O que aconteceu na festa que Melinda fez questão de ligar para a polícia e vários "colegas" acabaram presos??? Oh my dog, preciso saber!

    ResponderExcluir
  2. Oww, preciso mto desse livro, sua resenha me deixou bastante curiosa *-*.

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Só eu que me irrito quando um livro perfeito demora 10 anos pra ser lançado aqui?? pq né...
    Laurie me conquistou com Garotas de Vidro e qualquer coisa que tenha relação com seu nome eu to correndo atrás!!
    Capa mais que perfeita também né ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também caí de amores pela autora, rs. Sim, a diagramação tá linda, Lari!

      Excluir
  4. Ahh,eu soube desse livro depois que vi o filme "O silêncio de Melinda", que gostei mto.Ainda bem que a editora Valentina o publicou no Brasil e tô doida pra lê-lo,a história é muito intensa e se o filme te prende do começo ao fim,imagina o livro?!
    Vai ter promoção em breve no blog desse livro???Tdo que queria...oh my dog rsrsrs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a Kristen, né?
      Vai ter promoção sim! AGUARDEEEEE :P

      Excluir
  5. Ouvi falar muito bem do livro e tipo, me apaixonei! Preciso dele :C

    ResponderExcluir
  6. Ela escreve livros bem bons não é? Gosto dos temas que ela escolhe, já vi algumas pessoas falando de outros livros dela e parece ser muito bem feito. Esse foi outro. Gostaria de conferir, o tema é tenso e se bem abordado proporciona uma boa leitura até educativa, de certa forma.

    ResponderExcluir
  7. Achei a história bem interessante, mas não entendo como que as pessoas tão achando bonita essa capa! Eu achei horrorosa, não gostaria de ter essa capa na minha estante hehe. De qualquer forma tenho impressão de que é um desses livros que eu não posso julgar pela capa ne? Beijos!

    www.centraldaleiturablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu geralmente gosto desses estilo de arte, e ele fica lindo na estante, sério HEUAUSJRHHGAU

      Excluir
  8. Sua resenha foi perfeita, nunca li livros dessa autora mas ao ler essa resenha me senti interessado :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado <3 E LEIA! Depois vem me contar o que achou, rs

      Excluir
  9. Esse livro parece ser muito bom mesmo. Quero muito ler ele.
    Quando vi a capa não esperava que fosse um tema tão complexo.

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um livro muito bom, gostei da capa.
    Super afim de ler.
    Ótima dica!!

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada do tipo, mas a historia é bem interessante.
    Fico pensando quais são os motivos da Melinda não ter desabafado com outra pessoa.

    ResponderExcluir
  12. Uau!!
    Tinha visto esse livro na livraria e logo de cara gostei de sua capa. Agora, lendo a resenha, me interessei por ele.
    O achei forte, no sentido de tratar de um abuso sexual e a vítima não ter falado para ninguém sobre o assunto. Eu espero ser forte também para ler, porque esse é um assunto que mexe muito comigo.

    ResponderExcluir
  13. A história da Laurie está na minha vida a uns anos, graças ao filme. Sou fã da Kristen e assisti o filme baseado nesse livro 5 anos atrás, e até hoje é o meu favorito dela. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas com certeza eu vou, porque sei que vou amar ainda mais a Melinda e querer dar colo pra ela, ouvir o que ela tem para falar e não consegue. Estou mais do que feliz em ver esse livro sendo lançado no Brasil!

    ResponderExcluir
  14. Apesar de não ser meu gênero preferido de livro, este, em especial me chamou atenção, parece ser um livro muito interessante. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  15. Eu já vi o filme por causa da Kristen e fiquei super contente com o lançamento desse livro aqui no Brasil.
    Bjss

    ResponderExcluir
  16. É um dos que mais quero no momento, pela profundidade do tema, que é absurdo e cruel, mas é real. Adoro histórias possíveis! Quantas Melindas estão caladas por aí? As marcas são profundas e incuráveis, mas ela vai seguir seu caminho e superar essa dor. Assim espero.

    ResponderExcluir
  17. Bem interessante o enredo, nunca li nenhum livro dessa autora, gostaria de começar por esse!

    ResponderExcluir
  18. Eu havia assistido o filme speak com a Kristen Stewart (só vi o filme por causa da minha diva) eu não sabia que existia o livro. sem sombra de duvidas eu vou compra-lo, afinal de contas, se o filme já me emocionou imagina o livro que é sempre mais completo? Não vejo a hora de lê-lo

    ResponderExcluir
  19. Eu quero muito ler esse livro por que gostei muito da escrita do livro A Garota de vidro, autora me cativou mostrando um assunto tão forte mas verdadeiro e acho que nessa história não vai ser diferente, preciso saber toda a história da Melinda.
    A capa é linda, a Valentina está de parabéns pelo lançamento aqui, quero ver o filme em breve mas quero ler primeiro.

    ResponderExcluir
  20. Oi
    Descobri a pouco tempo sobre esse livro, porque até então eu só conhecia o filme. O filme eu vi já tem um tempo, mas eu gostei bastante porque quando comecei a ver, não esperava que iri seguir para uma história mais série e emocionante. Quero muito ler esse livro!!
    Parabéns pela sua resenha, ficou muito boa e me deixou com mais vontade ainda de ler essa trama.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  21. Até agora só tenho lido resenhas positivas em relação a esse livro. Acho ótimo quando os autores tem completo domínio do tema que estão abordando. Essa situação em que Melinda está passando é realmente desesperador e inquietante. Você ler algo em que a personagem tem o que falar, mas não fala, vai nos causando uma aflição fora do normal. Enfim, pretendo ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  22. Tenho muita vontade de ler este livro, não sei porque, mas tenho a sensação que vou amar essa leitura tanto quanto gostei de A Lista Negra. Tomará que não me engane, hein?
    Como bem Nardonio falou aí em cima, só tô vendo resenhas positivas, então como não desejar esta leitura desesperadamente? kkkkkkkkkk...
    Abraços querido!

    ResponderExcluir
  23. Fiquei curiosa para ler o livro, justamente pelo tema que ele aborda.Sou fã de séries que falam sobre esse tipo de tema, porém, nunca li nada parecido, tenho certeza que vai me agradar muito, afinal toda resenha que li sobre ele, são todas bem agradáveis e te deixam realmente com muito vontade de ler.

    ResponderExcluir
  24. Eu nunca li nada da autora. Todo mundo tem falado muito bem de Fale!, e que tema forte né?!
    Gosto de temas assim, sempre nos fazem refletir. Acho que vou gostar muito, principalmente por girar em torno de falar, colocar pra fora algo..
    E eu acho essa capa bem bonita! ;)

    ResponderExcluir
  25. Que resenha maravilhosa, lipe! Quero bastante conhecer essa estória :]

    ResponderExcluir
  26. Amei a resenha..e a história me interessou muito, tem o mesmo enredo que de um outro livro e parece muito bom..

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS