[Resenha] Aconteceu em Paris - Molly Hopkins

5 de set de 2013
Aconteceu em Paris - Molly Hopkins
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632599
Ano: 2013
Páginas: 480
Classificação: 
Página do livro no Skoob

Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais!

 Resenha: 
Evie Dexter está desempregada, muito endividada e resolveu tentar a sorte na carreira de turismo. Todo seu conhecimento na área foi adquirido de última hora em panfletos e revistas,  após ter a sorte de ser aprovada na entrevista, seu novo emprego é guiar turistas pela romântica Paris.  Evie é cativante e odiável em vários momentos, descontrolada e sem noção de limites, ela irá se envolver com o motorista, Rob, que será seu cúmplice desde o início, ajudando-a a guiar 48 pessoas por semana pelos pontos turísticos da cidade. Álcool e sexo guiam a vida da nossa protagonista, foram raros os capítulos em que ela não bebeu até cair, levantou e bebeu novamente. Rob, apesar de acompanha-la em várias das bebedeiras, será seu "pé no chão", trazendo Evie de Marte sempre que ela passa dos limites. Garanto que não serão poucas as vezes. O único ponto questionável de todo o enrendo é o amor entre Rob e Evie, eles transaram horas após se conhecerem e só acreditei de fato no sentimento que envolvia o casal no desfecho do livro. Turbulências e problemas serão frequentes durante todo o livro, óbvio. Quando Evie descobre que Rob é rico, fica fácil acha-la interesseira e fútil. Será?

A premissa me despertou interesse e o livro acabou me surpreendendo, já comecei a leitura sabendo que iria adorar, acabei amando e só tenho elogios a fazer. O enrendo é repleto de situações hilárias e embaraçosas, fazia tempo que não me divertia tanto assim lendo um romance, o humor é inteligente e por vezes, bizarro. TODOS, repito, todos os personagens são fantásticos. Evie conheceu Lulu bêbada, em uma festa pra lá de animada, hoje são melhores amigas e moram juntas. Lulu é a enfermeira mais popular de sua clínica e juro, não sei como isso é possível. Se existe alguém mais atrapalhada que Evie, seria ela, com certeza, dona de péssimas ideias, ela me rendeu boas gargalhadas. Meus momentos prediletos durante a leitura foram as horas em que Evie bancou a babar de suas sobrinhas gêmeas de três anos. Imaginem uma criança demoníaca com espírito malévolo, essa é Becky, uma das gêmeas que irá tornar todos esses momentos infernais.

O romance de estreia de Molly Hopkins fez algo que nenhum outro conseguiu, me senti de fato, em Paris. Geralmente me sinto perdido em livros assim, ambientados em lugares que não conheço o suficiente, a escrita da autora me proporcionou um turismo literário maravilhoso. Espero ter a oportunidade de passear pelos esgotos de Paris, repletos de túneis góticos e arcos secretos, pelo alto da Torre Eiffel ou  visitar a Ópera Nacional de Paris pessoalmente algum dia. A diagramação está impecável e encontrei pouquíssimos erros, a capa não me agrada tanto mas recomendo a leitura, sem dúvidas! Aconteceu em Paris virou preferido.

13 comentários:

  1. Oi Felipe!!
    Já tinha visto a capa, mas julgando por ela eu achava que seria um romance meloso ( e confesso que odiei esta capa) mas acabei gostando bastante da proposta do livro e dos personagens, gostaria de ler tao logo quanto possível.

    ResponderExcluir
  2. Aww a tempos desejo esse livro, a editora novo conceito é ótima e alguns são bem baratos. Bjus!

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pela capa eu jurava que era só mais um romance...em Paris, a cidade do amor kkk
    Bom ao que parece não é só isso, você gostou muito e acabou me contagiando
    a verdade é que eu não tava muito interessada exatamente por causa da capa...puxa eu preciso parar com isso

    ResponderExcluir
  4. Esse não é o tipo de livro que me interessa (foto de casal abraçado na capa + título de romance água com açúcar), mas essa resenha realmente me deixou interessada. Quero saber o que fez te dar nota máxima para esse livro e adoro quando os personagens de uma obra são bem construídos, é um dos maiores motivos pra eu gostar de um livro.
    Beijos!

    www.centraldaleiturablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh AMEI ,Felipe.Amo a "cidade luz" e só do livro proporcionar conhecer melhor a mesma,sem fazer o leitor se perder.já me cativou rsrs
    Adorei a resenha,me deu vontade de conhecer esses personagens tão fantásticos e vê como se dá as atrapalhadas da protagonista,Evie. O enredo parece ser super cativante, já vi que vou rir horrores rsrs.Entrando para a lista de DESEJADOS JÁ.
    Bjão :)

    ResponderExcluir
  6. Essa Evie Dexter é muito atiradinha, hein! u.u
    Enfim, agora falando sério: tenho que confessar que não me interessei pelo enredo do livro, apesar de sua resenha estar bem clara. Adoro romances, mas esse não chamou muito a minha atenção :/

    ResponderExcluir
  7. ESSE LIVRO EH TAO AWWWWWWWN

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler esse livro! *--*

    ResponderExcluir
  9. Pelo que vi esse não é um livro que se pode julgar pela capa. Já tinha visto algo sobre o livro mas a capa me fez achar que o livro seria muito meloso, pelo que você disse é bem pelo contrario, realmente isso me dá vontade de ler o livro. Ótima resenha Felipe !

    leiaeocen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Tô com vontade de ler este livro, mas não é uma vontade muito grande, se é que você me entende. Gostei de você ter se sentido em Paris, é bom quando isso acontece. Gosto de livros que me permitam viajar, conhecer lugares, ter novas aventuras, esse é um dos poderes da literatura.

    ResponderExcluir
  11. Ta na minha lista de desejados já u.u kkkkk

    ResponderExcluir
  12. Todo mundo está lendo este livro, parece ser muito o meu tipo, amo chick-lit.. Já vi algumas resenha sobre este livro e acabei concluindo que Evie é muito folgada aushauhsauhs bem que eu queria um emprego que eu possa viajar e me divertir. Guia turístico não ganha pouco dinheiro? Hoje em dia está tudo caro, essa guria precisa se orientar auhsauhs mas livro é livro né? É tudo mil maravilhas e perfeito. Por isso amo ler.

    ResponderExcluir
  13. To louca pra ler, adoro livros que tem como fundo Paris..meu sonho conhecer..

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

TERROR

Jantar Secreto - Raphael Montes
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de...
Jogos Macabros - R. L. Stine
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros...
Psicose - Robert Bloch
O clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964...
Nosferatu - Joe Hill
Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...
O Vale dos Mortos - Rodrigo De Oliveira
Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa...

FANTASIA/ POLICIAL

LEIA MAIS

ESPECIAIS ♥

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar...
O Livro de Memórias - Lara Avery
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível.E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença...
Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da...
Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff
Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital...
Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia...

POLICIAL

LEIA MAIS