[Resenha] Escândalo - Therese Fowler

16 de dez de 2013
Escândalo - Therese Fowler
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633176
Ano: 2013
Páginas: 384
Classificação: 
Página do livro no Skoob
Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.
Resenha:
O empresário Harlan Wilkes, dono de um império automotivo, progredira tanto ao ponto de ser conhecido como magnânimo no ramo. Talvez isso explique a sua determinação e, por que não, sua recusa em enxergar aquilo que não lhe convenha. Negócios. Quando ele, por acaso, encontra fotos de um garoto nu, no computador de sua filha, Amelia, logo acredita tratar-se de um caso de abuso e não sossegará até ver o rapaz na cadeia. Ele aciona a polícia e dá início a uma longa disputa judicial que se revelará cheia de surpresas infelizes. Simplesmente não passa por sua cabeça a possibilidade de ouvir as palavras de amor que sua filha dedica a Anthony, não lhe é cabível enxergar a situação como um comportamento praticado conscientemente entre namorados. Uma partilha de intimidades que não deveria ser exposta ao mundo ou ser do interesse de ninguém, além deles mesmos. Amelia não fora uma vítima, ela enviara e recebera fotos por livre e espontânea vontade, ninguém a coagira a isso. Não havia emergência ali a não ser a criada por Harlan.

O fato é que Amelia e Anthony namoravam escondidos há algum tempo, e sim, eles teriam revelado o relacionamento a todos que quisessem saber sem problema algum se Amelia não conhecesse o pai tão bem, a ponto de prever a reprovação imediata diante a notícia. Harlan Wilkes tinha um plano traçado nos mínimos detalhes para a filha, e sem dúvidas, um garoto como Anthony não fazia parte do futuro que ele planejara para Amelia. Os dois se aproximaram por partilharem o amor pela arte, nutriam o sonho de cantar na Broadway e estudar teatro na New York University. Eles eram dignos do amor que sentiam, a autora escreveu de forma brilhante a recíproca entre ambos, se existe amor verdadeiro, Amelia e Anthony simbolizavam de forma perfeita esse estado de espírito.

“Na prisão, sinto-me constrangida e com medo, e gasto o tempo que espero na cela tentando pensar em como eu e Anthony vamos sair dessa confusão, como ainda podemos ter o futuro que passamos tanto tempo planejando.” Amelia em trecho da página 218

Sexting: neologismo genérico para o envio de fotos explícitas por e-mail ou mensagem de texto. Não sei ao certo como funciona a justiça no Brasil em relação à produção e divulgação de pornografia infantil, mas no caso de Esc@ndalo, Amelia com 17 anos e Anthony com 18, enfrentarão uma série de penalizações graves pelo crime. Prisões, comparecimentos a tribunais, fianças, prisões domiciliares e noites vendo o sol nascer quadrado. Noites afastados um do outro e impossibilitados de manter contato algum. Tantos transtornos e lágrimas derramadas... A mídia os receberá com manchetes ressaltando ora Anthony como um maníaco sexual, ora como adolescentes pervertidos disseminando o sexo imprudente. Amelia poderia impor mais seus sentimentos mas não a culpo, a situação ficara absurda, tomando proporções assustadoras. Seus pais são extremamente conservadores e cegos. Por um lado entendo perfeitamente as preocupações, mas por outro abomino totalmente o modo como eles não absorviam o que Amelia gritava a plenos pulmões. Sua opinião era vista como imatura, errada, sem sentido. Eu digito isso com ódio só de lembrar a forma como Harlan chamava a filha de Joaninha nesses momentos. Irritante! Kim, a mãe de Anthony era a única que tinha conhecimento do relacionamento dos dois e pode pagar caro por sua cumplicidade. Ela pode ser prejudicada por enxergar o amor como algo a ser cultivado. Como algo bom. Desejável.

Todos os planos arquitetados anteriormente ao escândalo foram perdidos. Amelia e Anthony precisam mudar a imagem formada sobre eles. Suas privacidades foram expostas e seus futuros estão em jogo. Eles precisam provar que são inocentes, limpar a bagunça, colocar a baixo o edifício de mentiras que foi erguido. Eles não podem ser condenados a prisão. Eles precisam um do outro. Mas como?

Ler minuciosamente o quão real era o amor de Amelia e Anthony, o quão desprovido de malícias, comparando-se aos crimes a qual foram acusados, foi o ato que gerou esse drama todo. A narração é feita em terceira pessoa e as descrições são um tanto que detalhadas, até demais em alguns aspectos, mas não me incomodou muito. Talvez essa tenha sido a característica que fez do enredo algo impactante, algo a qual me agarrei de imediato. Admito que tudo poderia ter sido evitado, tamanha problemática parece desnecessário levando em conta alguns pontos. E percebendo isso notamos o quanto Escândalo é uma obra grandiosa baseada em fatos reais. O tema atual retratado de forma poética, sob um plano de fundo alá Romeu e Julieta do século XXI é um alerta grave. Um recado para prestarmos atenção ao que compartilhamos nas redes sociais, aliás, o que não compartilhamos hoje em dia, não é mesmo? Estamos vulneráveis, essa é a verdade. Eu torci, me envolvi e sofri junto diante de cada sentença martelada pelas reviravoltas da trama. Admito que chorei nos capítulos finais, incredulidade, aflição, tristeza, alegria, tudo jorrando de uma vez só. Obviamente essa reação é relativa mas aconselho você a ler e formar opinião. Sim, a capa não tem absolutamente nada haver com a estória.

8 comentários:

  1. Que situação complicada, ein? Ter um pai desse deve ser uma pedra no sapato. Adorei a resenha :]

    ResponderExcluir
  2. eu acho que o momento em que o livro foi lançado é muito válido, talvez para informar dessa situação que esta se tornando corriqueira e é grave
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda nao li nenhum livro desse autor,mais a historia é super interessante.

    ResponderExcluir
  4. adoro estórias assim com temas bem polêmicos e esse é bem atual, pois como você disse: nós compartilhamos muitas coisas nas redes sociais, bem mais do que devíamos. cada vez mais estamos mais no mundo virtual do que no real, só isso explica algo banal como tirar foto nu, mandar por pc e a outra pessoa guardar, isso é muito perigoso e por mais que seja excitante, é muito desnecessário.
    quanto ao livro, quero muito ler, deve ser bem dramático envolvente.
    pena a capa ser ruinzinha.

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha colocado esse livro na minha lista de futuras leituras, mas porque gostei da sinopse, eu não tinha lido nenhuma resenha ainda. Não sabia que o problema com o casal tomou uma proporção tão grande assim, e só pela resenha já dá pra perceber o quanto as coisas ficaram realmente muito graves.
    Eu nem li e já estou indignada com a atitude do pai dela, eu entendo o lado dele também, mas deve ser bem frustrante ler cada detalhe das injustiças que foram cometidas com esse casal, e o quanto os pais dela não ouviam e percebiam o que ela falava.
    Quando a pessoa fala que chorou no final do livro, eu já vou me preparando! kkk Eu choro a toa, então, justamente por todo o drama que tem envolvendo o casal, acho que posso me emocionar também.

    Ótima a resenha, adorei, e deu pra saber bastante sobre o livro. Vou adiantar a leitura dele, porque antes eu não tinha colocado ele como "prioridade" sabe?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia nem a autora nem o livro, mas sua resenha me deixou curioso em relação ao livro. O tema realmente tem tudo a ver com o que vivemos hoje e isso é um bom motivo para lê-lo '-'.
    Mas pena que a capa não tem nada a ver, quer dizer, pra mim, as capas devem ter relação com a história, afinal, é por ela que, primeiramente, vai ter ou não interesse na leitura :c

    ResponderExcluir
  7. Amei a resenha, tô querendo ler este livro. Ele tem uma temática bem diferente das que estou acostumada a ler e acredito que este seja o motivo do livro ter despertado tanto o meu interesse.
    Bem, só sei que sua resenha aumentou ainda mais minha vontade. E cá para nós, que situação complicada, né?
    kkkkkkkkkkk... Ainda bem que você avisou que a capa não tem nada a ver com a estória.

    ResponderExcluir
  8. Gostei .da resenha, ja li bastante sobre esse livro, e estou curiosa pra ler..

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS