[Resenha] Sombras vivas - Cornelia Funke

6 de fev de 2014
Sombras Vivas - Cornelia Funke
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765190
Ano: 2013
Páginas: 304
Classificação: 
Página do livro no Skoob
Mais uma vez no Mundo do Espelho, Jacob Reckless precisa se libertar de uma maldição que em poucos meses lhe custará a vida. Depois de tentar diferentes formas de magia, sua última opção é uma lendária balestra, capaz de dizimar exércitos, mas também de salvar aqueles que realmente precisam. Para encontrar esse objeto extraordinário, ele terá de viajar por Álbion, Lorena e Austrásia, enfrentar criaturas terríveis e competir com Nerron, um ser perigosíssimo que está decidido a derrotá-lo a qualquer custo e a ser o primeiro a encontrar a balestra, para então ser tornar o caçador de tesouros mais talentoso de todos. Jacob não tem tempo a perder. E se não fosse a presença de Fux, sua companheira de aventuras capaz de assumir tanto a forma humana quanto a figura de uma raposa, ele talvez não tivesse forças para encarar tantos obstáculos. Só assim, no limite entre a vida e a morte, ele conseguirá perceber que existem tesouros ainda mais preciosos que sua própria vida.
Resenha:
Diante os acontecimentos do primeiro livro da série, fica impossível resenhar Sombras Vivas sem revelar spoilers. Leiam a resenha do primeiro livro: A Maldição de Pedra.

Talvez Jacob tenha depositado sua fé onde não havia esperança suficiente. Ele conseguira salvar Will de se tornar um goyl de pedra jade mas acabara com a morte alojada no peito. Jacob sacrificara a própria vida ao ir em busca da Fada Escura para salvar a pele do irmão, a mariposa que descansa em seu peito está acordando, levando embora um nome e roubando aos poucos sua vida. Ele não sabe quanto tempo resta, meses, semanas, talvez dias...

A verdade é que Jacob estava certo que encontraria um meio de se salvar, afinal ele é o maior caçador de tesouros do Mundo do Espelho, não há nada que ele não pudesse encontrar. Após uma série de tentativas fracassadas em anular o feitiço, surge uma luz no fim do túnel. Uma antiga lenda entre os caçadores de tesouros mostra-se a única e última moeda a ser apostada. Uma arma que põe fim a qualquer guerra com um só disparo, a balestra mais mortífera já construída... A Balestra de Guismond, o Matador de Bruxas. Você deve estar se perguntando: como uma arma tão perigosa pode livrar Jacob da morte? A questão é que quando usada por ódio a balestra traz morte, mas quando usada por amor... traz a vida!

A arma é procurada à seculos e ninguém nunca saíra vivo da cripta onde o cruel bruxo fora enterrado. Guismond fora esperto, ele escondera mão, cabeça e coração em três lugares distintos para ocultar aquilo que realmente importa. Um feitiço antigo que ajudou a esconder não só seu castelo mas milhares de súditos. E como se não bastasse a própria corrida contra a morte e o tempo, Jacob não é o único interessado na balestra. O rei de lorena enviou pessoalmente seu próprio filho, o príncipe Louis, juntamente a uma equipe que conta com um tritão imenso e um caçador de tesouros inimigo de Jacob Reckless. Alguém duvida que a missão será no mínimo interessante?

A narrativa em terceira pessoa nos permite enxergar a trama de forma ampla, não só sentimos a aflição de Jacob como sofremos com o desespero da raposa Fux em perder seu melhor amigo. Se compararmos com o livro anterior, Cornelia Funke conseguiu superar-se. Os protagonistas mostram novas facetas e mostram-se mais emotivos, afinal, a morte está a espreita, não é mesmo? Os novos personagens que surgem prometem grandes feitos. A trupe inimiga está longe de ser harmoniosa e seus desentendimentos deixam a aventura imprevisível. Fux ganha maior destaque e ganhou meu coração de vez, vamos conhecer mais a fundo sua história. Quando Jacob vai enxergar que entre todos os tesouros que já encontrou, a garota raposa é de longe o mais valioso? Com a proximidade cada vez mais evidente, fica claro que os dois se entendem, completam-se e é inútil esconder algo um do outro.

Quem se encantou com o Mundo do Espelho do primeiro livro vai encher os olhos com as novidades que a autora preparou, novos lugares, novos tesouros, novos detalhes extraordinários. Sem dúvidas o momento mais fantástico da estória é o trecho do Barba-Azul que se alimenta do medo de suas vítimas, com seu labirinto do esquecimento e sua crueldade assassina. Mesmo colocando um ponto final em tramas a autora deixou diversos ganchos para o próximo livro, a curiosidade em saber quem é o misterioso Norebo Johann Earlking que ajudou nosso caçador com bilhetes durante toda a missão, e o paradeiro do pai de Jacob, são o suficiente para deixar qualquer leitor apreensivo. Sem falar que com um universo paralelo tão mágico e bem contruído, ninguém se importaria de estender o mistério por mais alguns livros, não é mesmo?

9 comentários:

  1. Muito legal este livro! Gosto também de histórias com magia e suspense. Pelo que percebi é um livro que prende o leitor a cada folha! Agora também quero para ler!

    ResponderExcluir
  2. Como eu disse na outra resenha, gosto de ler livros com temas de feitiços, bruxas, magos... Acho que esse deve ser legal por ter um tema legal e que eu goste.
    Bjs *-*

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conheço a escrita da Cornelia Funke, mas tenho muita curiosidade, principalmente na trilogia "Mundo de Tinta", porque AMO o filme "Coração de Tinta".
    Essa série também me deixa bem curioso, até porque ainda não li nenhuma resenha à respeito dela. Mas os livros são lindos e tenho certeza que a história muito boa : )

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conhecia essa serie, mas vi algumas pessoas dizendo que esse livro é melhor que o outro. Ainda não li o primeiro, mas tô com vontade de ler os livros da autora, quem sabe não me interesso pela serie? =p

    ResponderExcluir
  5. Bacana a resenha! Esse livro me chamou mais atenção do que os livros da saga de tinta, que por sinal só li Coração de Tinta (e abandonei), pretendo começar de novo esse ano e num futuro ler essa outra série dela…

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada da Cornelia já que fantasia\contos de fada não são meus gêneros preferidos. E pelo visto, esse livro é uma série e eu tenho evitado já que a lista tá muito grande para o pouco capital. Gostei da resenha, acho que para quem gosta do estilo, tirou bastante dúvida sobre o enredo, personagem e desenvolvimento. Quem sabe surge um interesse quando eu tiver oportunidade de ler?

    ResponderExcluir
  7. Como não estar ansiosa para ler essa série depois de Coração de Tinta?! A escrita da Cornelia é muito boa e como você disse a escrita em terceira pessoa dá uma visão melhor de toda a história.

    ResponderExcluir
  8. a história em si me chama atenção e tudo mais. porém, sabe quando um livro não te dá tesão? pois é.

    ResponderExcluir
  9. Bom conheço a autora da coleção coração de tinta..Que por sinal é muito boa, essa nova coleção como falei na outra resenha ainda não tinha conhecimento, mas que chama atenção e fiquei muito afim de ler.

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS