[Resenha] O Clone de Cristo - J.R. Lankford

6 de mar de 2014
O Clone de Cristo - J.R. Lankford
Editora: Saída de Emergência Brasil
ISBN: 9788567296081
Ano: 2014
Páginas: 384
Classificação: 
Página do livro no Skoob / Compre
O Clone de Cristo é uma história fantástica sobre uma experiência secreta que pode mudar o mundo: a tentativa de clonar Jesus Cristo a partir do Santo Sudário. O Dr.Felix Rossi é o chefe da pesquisa, um conceituado cientista obcecado com duas perguntas: Será que o tecido do Sudário contém mesmo o sangue de Cristo? E o DNA ainda estará intacto? Apesar do caráter sigiloso do experimento, forças obscuras tentam impedi-lo e Rossi não tem tempo a perder: precisa encontrar uma mulher para gerar a criança. Esta trama policial arrepiante nos leva numa viagem inesquecível da alta sociedade nova-iorquina aos bares irlandeses, das igrejas do Harlem à Catedral de Turim. Uma narrativa bem construída sobre laços familiares perdidos, um homem à procura de Deus, uma mulher em busca de um sentido para a própria vida¿ e uma inesperada história de amor.

Resenha:
A premissa de O Clone de Cristo é incomum e logo instiga a curiosidade. E não é para menos, na trama o conceituado cientista Félix Rossi, especializado em Microbiologia e Obstetricía pretende roubar o maior tesouro da Cristandade para clonar ninguém mais, ninguém menos que Jesus Cristo. Isso seria possível? Como?

O Dr. Félix pretende roubar fios do Santo Sudário de Turim, uma peça de linho que acreditam  ter coberto o corpo de Cristo após ele ter sido crucificado. É uma peça que raramente é posta em exibição púbica e nosso protagonista além de venera-la e emocionar-se como milhões de fiéis, fará disso o empreendimento de sua vida.  Paralelo a isso, Félix  e sua irmã Frances descobrem verdades que seus pais esconderam por tantos anos. Eles eram Judeus que fugiram e adotaram outra doutrina para sobreviver. Nosso protagonista terá que lidar com o passado e isso o impulsionará, pois se acreditavam que os judeus tinham matado Cristo. Seria um judeu que o traria de volta. A Segunda Vinda...

Obstáculos significativos estão pelo caminho do Dr. Rossi, todo o seu plano maluco está repleto de perigos e riscos. O DNA presente no Sudário é antigo e pode estar deteriorado, os próprios problemas envolvendo a clonagem humana nunca realizada até níveis avançados são gritantes  e o mais importante: ele precisa encontrar a Maria perfeita. A mãe do clone de Cristo... Como nada escapa da mídia, Félix além de uma passageira consciência pesada terá que lidar com o jornalista Jerome Newton que suspeita de seus planos e não poupará esforços para conseguir seu furo de reportagem. Paralelo a tudo isso temos Sam Duffy, o porteiro do prédio onde a família Rossi reside. Admito que Sam é a grande graça da estória, sem ele o enredo se afundaria em descrições científicas impecáveis que em algum momento serão enfadonhas. Sam é bem mais que um porteiro, ele é um detetive particular que trabalha não só para o condomínio, mas para um homem perigoso e influente com tentáculos em boa parte da sociedade. Um homem que imagina-se como um rei, não deixe-se enganar por sua simpatia, certo? Outro trunfo da estória é Maggie Johnson, empregada dos Rossi e bisbilhoteira de carteirinha. Quando você menos esperar ela será o grande centro de atenção da trama. Félix e Maggie se veem como os escolhidos... Um romance inesperado também surge.

Apenas o leitor que investir na leitura conhecerá o real sentido da estória que é bastante válido e abrangente.  Além da própria clonagem humana que é um baita assunto delicado, e no livro mais delicado ainda pois estamos falando da clonagem de alguém morto, a autora chama atenção para o preconceito, seja ele racial, religioso ou social.Em especial ela cita os problemas da África, onde boa porcentagem da população é morta pela Aids. Ela expõe os jogos de poderes existentes na política e até questiona ensinamentos Bíblicos de forma bastante ética, neutra. Como sabemos que o verdadeiro Jesus foi crucificado? Qual religião está baseada em fatos? A budista? A islâmica? A Cristã? Ela instiga a dúvida e debate relacionamentos familiares, a lealdade. A autora testa a nossa fé. Um dos pontos mais legais que é bastante explorado é a consequência de se clonar alguém que representa algo que funciona como um símbolo de algo maior. Já pensou para pensar o que um clone de George Washington, Abraham Lincoln ou Deus, independente do que ele seja, mas relevando o que representaria algo assim? Crenças são poderosas.

"Quero dizer, alguém realmente acha que um Deus onipotente, onisciente e todo feito de amor está preocupado com o Halloween?" Trecho da página 138

As descrições religiosas e científicas ocupam as páginas de início ao fim e podem ser responsáveis por deixar a leitura um pouco ou bastante arrastada de início, isso vai depender do seu nível de interesse em relação a assuntos assim. A narrativa é feita em terceira pessoa e não espere por ação até ter lido boas 200 páginas, esse não é um livro do gênero. Os últimos capítulos do livro são diferentes de todo o clima que o livro constrói até ali, é frenético e me deixou ansioso pelo próximo volume. Adorei a leitura.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS