[Resenha] Acesso aos Bastidores - Olivia Cunning

26 de mai de 2015
Acesso aos Bastidores - Olivia Cunning
ISBN-10: 8565530655
Ano: 2015
Páginas: 328
Editora: Paralela
Classificação: 
Página do livro no Skoob
Myrna é professora de psicologia e fanática pela banda Sinners. Especialmente por Brian Sinclair, o guitarrista e compositor que, além de talentoso, é deliciosamente lindo. Ela se surpreende ao encontrar a banda no mesmo hotel em que está hospedada para participar de uma conferência. Mais surpreendente ainda é, após alguns drinques juntos, despertar o desejo de Brian. Ela sabe que a vida de astro de rock tem um preço e estaria feliz deixando essa paixão para trás. Mas será que Brian e Myrna conseguirão ficar separados? Quando o passado de Myrna ameaça sua vida, Brian precisa decidir se aquilo que tiveram juntos não é a resposta que ele buscava há tanto tempo.

Resenha por Carol Teles:
Vou confessar, pedi esse livro única e exclusivamente porque uma amiga muito querida disse que desse eu iria gostar. Sim, não sou dessas leitoras fanáticas por romances “molha calcinha”, como a maioria chama. Acho normalmente tudo mais do mesmo e morro de tédio com todos eles. Mas fico feliz, e bem surpresa em admitir que esse não foi o caso de Acesso aos Bastidores. E mais do que isso, estou muito curiosa para saber o que diabos a autora vai aprontar nos próximos volumes, já que tudo o que eu conhecia sobre sexo ela já colocou nesse.

Acesso aos Bastidores choca desde o principio. Não nas primeiras folhas, mas assim que começamos a conhecer os personagens, o que é ótimo porque me poupa daquele vai e vem do casal se odiando e se amando. Isso é um saco!

Myrna é uma professora de psicologia que trabalha com a sexualidade e tem uma verdadeira admiração por Brian Sinclair, o guitarrista da banda Sinners. Por ironia do destino, ela acaba indo apresentar um trabalho no mesmo hotel onde a banda está hospedada, e se apresenta para eles enquanto os cinco estão altamente bêbados no bar.  Já nesse momento você entende que a linha da autora não é igual ao normal nesse estilo de livro. A protagonista já é uma mulher, e bastante segura do que quer sexualmente. Disso para o pulo na cama com Brian é muito ligeiro, o que foi outra surpresa interessante para mim.

Entendam uma coisa importante. Já li vários livros sobre caras de bandas de rock. Normalmente cada livro é sobre um deles com uma garota. Tá, não é diferente nesse caso, mas juro a vocês que eu conheci todos os outros como se fossem os protagonistas desse volume. Primeiro porque a autora insere-os como companheiros, e depois porque as barbaridades sexuais que eles fazem juntos nesse livro são de dar vergonha até no mais desinibido. Li cerca de 200 páginas do livro esperando para ser atendida pela médica, e não teve uma que eu não abrisse a boca de espanto ou risse sozinha. Tive até que esconder o livro de uma garotinha ao meu lado que se esticava para ver do que diacho eu estava rindo. Eu seria certamente presa se a deixasse ler.

Quanto ao drama individual dos personagens, não encontrei nada demais. Brian tem os dele, Myrna tem os dela, mas nada fora do comum, que eu já não tenha visto em outros lugares. Se dependesse disso e algumas cenas de sexo, certamente o livro levaria quatro estrelas. Mas ele merece todas as cinco que poderia dar pela ousadia em trabalhar coisas sexuais que me fariam queimar numa fogueira da idade média apenas por ler.

Sério, nunca li uma narrativa sexual tão doada como nesse livro. O que mais vejo no mundo são pessoas dizendo que na cama não fariam isso ou aquilo. Mas Myrna é a prova viva de que na cama tudo vale. E não estou falando de quarto vermelho da dor ou algemas – não só isso – estou falando de doação em todos os sentidos do sexo, e de todos os caras da banda, sem exceção. Quando tento pensar em um que seja menos excêntrico, eu não acho. Não tem. Juro que não tem.

Então mesmo que eu não curta esse tipo de livro, ele ganhou palmas por tratar de forma segura e real de desejos sexuais que ainda hoje podem ser vistos com maus olhos. Principalmente por mulheres que tem essa visão romântica do sexo, quando ele em si é muito mais animal do que emocional (no meu ver). Se eu que não curto esse estilo de livro me encantei pela ousadia dele, vocês que gostam vão entrar num mundo novo entre querer odiar ou amar. Vai depender de até aonde vai sua liberdade sexual. Quer testar? Leia Acesso aos Bastidores. 

Quase formada em Letras; quase formada em Biblioteconomia, sou altamente inquieta e tenho problemas em terminar coisas que comecei. Durmo pouco e com milhões de travesseiros. Sou chocólatra e passo parte do meu dia em uma Interprise ou Millenium Falcon porque meu filho vive no espaço. Perco-me na vida. Encontro-me nos livros.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

TERROR

Jantar Secreto - Raphael Montes
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de...
Jogos Macabros - R. L. Stine
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros...
Psicose - Robert Bloch
O clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964...
Nosferatu - Joe Hill
Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...
O Vale dos Mortos - Rodrigo De Oliveira
Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa...

FANTASIA/ POLICIAL

LEIA MAIS

ESPECIAIS ♥

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar...
O Livro de Memórias - Lara Avery
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível.E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença...
Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da...
Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff
Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital...
Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia...

POLICIAL

LEIA MAIS