DE OLHARES INDISCRETOS: A COLUNA DE FOTOGRAFIA DO OMD

24 de jan de 2016

São tantas redes sociais para cuidar, cada uma delas com um foco diferente que, muitas vezes, um conteúdo que acho interessante acaba se perdendo no meio de tantos espaços na web. Aquela velha sensação de querer dividir algo e não conseguir fazê-lo com eficiência. Lá no Twitter tudo tem um quê de pessoal. É onde reclamo da vida e compartilho links. No Facebook acabo dividindo opiniões e acontecimentos que me marcam. Mais ligados a minha vida profissional eu diria. No Instagram pessoal é onde exerço minha paixão por fotografia. Dá pra sentir que tudo tem uma função, mesmo que apenas na minha cabeça? E pensando que o OMD é a minha chance de reunir tudo isso num só lugar fiz esse post. Para apresentar a nova coluna fixa do blog.


Há 33 semanas eu recebi uma mensagem direta do Instagram informando que eu havia me tornado um usuário sugerido. Lá estava eu ganhando centenas de seguidores por minuto. Nem consigo me lembrar da felicidade que senti ao acordar e ver tanta gente nova, desconhecida e talentosa me seguindo por lá. Troca de experiências total! Durante um mês estive na lista de sugestões de milhares de pessoas. Consequência: estive em evidência no mundo todo por um hobby que nem tinha despertado há tanto tempo assim. Foi mesmo uma surpresa. O que posso dizer é que o Instagram é hoje uma das minhas maiores paixões. Eu já recebi tantos comentários tocantes sobre o meu jeito de enxergar o mundo, mas a verdade é que não sei explicar o que isso quer dizer. O que sei é que melhorei e muito. A gente precisa de impulso pra seguir em frente, não é mesmo? E antes que comecem a perguntar: não, a maioria das minhas fotos não foram feitas em câmeras profissionais. Eu uso minha cybershot da Samsung e meu celular (atualmente um J5 da mesma marca). É até fácil perceber isso pela qualidade não tão maravilhosa das imagens.


Num custo-benefício bem razoável adquiri recentemente minha Nikon D3100 por necessidades profissionais e admito que nem sei manuseá-la direito. É outro projeto meu para 2016, dominar todas as suas funções até partir para uma mais potente.


Mas qual o motivo desse post enorme? É que o OMD agora vai ter uma coluna só para falar de fotografia. O De Olhares Indiscretos será um espaço mais voltado para o Instagram. Eu passo tantas horas nele, descubro perfis tão encantadores que acho uma injustiça não dividi-los com cada ser humano cadastrado nessa rede social. Não vou definir frequência de postagens, mas pretendo atualizar com frequência. Na terça-feira (26), começo os trabalhos por aqui. Espero que seja uma aventura interessante para vocês, como é para mim descobrir perfis ao redor do mundo. Até lá!

Uma foto publicada por Felipe Miranda (@felizpem) em

 As imagens que ilustraram essa postagem foram retiradas do meu Instagram pessoal. Me segue lá: @felizpem :] A conta do blog você já deve conhecer, mas não custa reforçar: é o @ohmydogestolcombigods.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS