[Resenha] Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler

1 de out de 2016
Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler
ISBN-10: 858163365X
Ano: 2014
Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Novo Conceito
Classificação: 
Página do livro no Skoob
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.
Resenha:
Há situações que depois que se atinge certa idade já não parecem tão complicadas de se resolver. É que quando você tem 15, 16 anos, sua cabeça funciona de um jeito diferente. Você não viveu coisas, nem passou por elas e sentiu o que se deve sentir. Você não se conhece tão bem assim como acha que conhece. Vinte Garotos no Verão traz uma situação complicada até certo ponto. É questão de saber o que é certo e o que é errado. A gente complica coisas desnecessárias.

Nessa história, Anna, Frankie e Matt são amigos inseparáveis. Eles cresceram juntos e dividiram incontáveis férias em família. Sabem tudo um do outro. Até que Anna completa 15 anos e recebe de Matt o melhor presente do mundo: um beijo. Mas o acontecido acaba se tornando um segredo entre eles. Um segredo que pode arruinar a amizade do trio. Frankie e Matt são irmãos. Um sempre protegeu o outro e agora existe algo que os separa. Anna e Frankie sempre foram melhores amigas e agora existe algo que uma não sabe sobre a outra. Algo que pode mudar a história deles para sempre. Contar ou não contar?

Matt estava prestes a contar a irmã sobre tudo quando algo trágico acontece e desmancha de vez o trio que um dia planejou um futuro junto. Um futuro mágico. Com o peso de um segredo que acabou indo para o túmulo, Anna precisa seguir em frente, assim como Frankie e sua família. Matt está morto e o vazio que se instalou entre todos que o amavam se torna torturante. Quando Anna aceita passar as férias de verão com Frankie, ela entende que esse é o momento certo para contar a ela o que estava havendo com Matt. Mas nada será tão fácil assim. Há rachaduras por todos os lados.

Frankie está disposta a conhecer 20 garotos durante suas férias. Ao mesmo tempo que é uma aposta boba de verão, é também uma tentativa dolorosa de esquecer o irmão por alguns minutos. Apenas o tempo que dura um beijo sem significado ou uma transa que nunca aconteceu.

Apesar da premissa interessante, Vinte Garotos no Verão me cansou em alguns capítulos. Eu fiquei pensando em vários momentos: acaba logo com isso! É sofrimento duplo o que você está fazendo, Anna!

A história é sobre superação, sobre seguir em frente mesmo que doa. Sobre se entregar ao balanço do mar mesmo que você não saiba nadar muito bem. Na época em que foi lançado ouvi muito burburinho sobre a obra, mas não cai de amores não. É um livro leve, levanta questões importantes, mas é voltado para o público mais jovem. Não tenho dúvidas de que há leitores que amam a obra. A linguagem é simples, há certa poesia em alguns momentos e a escrita flui. Flui a cada personagem que vence sua própria batalha.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS ANTIGAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS